Escolha do terreno: Parte II

Como falamos no blog anterior, escolher o terreno que você irá construir seu sonho é uma das etapas mais importantes antes da execução da obra. Analisar todos os pontos positivos e negativos das opções disponíveis e tomar a decisão exige muita atenção. Nesse post iremos dar continuidade nas dicas para você escolher seu terreno ideal.  Hoje vamos falar um pouco sobre os aspectos Físicos. E nesse sentido, existem inúmeros aspectos físicos, no entanto, os mais importantes para sua construção são: tipo de solo, orientação solar e topografia.  

Tipo de solo 

O tipo de solo é uma característica muito importante a ser analisada. Você pode fazer esse questionamento para a construtora responsável pela sua obra ou observar se há muita água ou pedras. Terrenos com muita água trarão problemas com infiltração e umidade, principalmente durante as fundações. Já terrenos com pedras, normalmente são compostos por solos duros e lhe causarão dor de cabeça durante a escavação das fundações.  

Orientação solar 

A insolação é um aspecto que necessita ser muito bem observado para saber como sua residência irá se localizar no terreno.  

Saber como o sol nasce e se põe irá sinalizar onde irá entrar mais luz natural na sua casa. Se posicionado para o Norte, receberá mais luz durante o dia. Caso posicionado para o Sul, não terá incidência direta do sol. No entanto, um bom projeto irá localizar sua moradia da melhor maneira possível de acordo com a orientação solar.  

Topografia 

A topografia é um aspecto que tem grande influência no custo da obra. Quanto mais inclinação tiver seu terreno, mais você irá gastar com movimentações de terra.  

Os terrenos podem ser planos, com aclive ou com declive. Terrenos planos são identificados como aqueles que possuem a frente e fundo praticamente no mesmo nível da rua. Terrenos com aclive são os que possuem o fundo mais alto que a rua. Esse tipo pode dar mais visualidade para sua casa. Terrenos com declive são caracterizados por possuírem o fundo mais baixo que a rua. Esses terrenos lhe causarão problemas para a destinação de esgoto e águas pluviais.  

Infraestrutura 

Observar a infraestrutura que possui seu terreno é essencial. Não adianta comprar um terreno plano e com boa localização se não possui os itens básicos de infraestrutura. Alguns itens que devem ser analisados são: coleta de lixo, iluminação da rua, asfalto, rede de água e de esgoto, energia elétrica, telefone e internet.  

Caso esteja procurando seu terreno ideal e está com dúvidas na hora de escolher, procure a RAK Engenharia que lhe ajudaremos a fazer a escolha correta.